Gerbil ou Esquilo da Mongólia

...A pedidos...


Parecido com um rato, o esquilo da Mongólia pode
agradar por ocupar pouco espaço e pelo temperamento dócil.



Gerbilos ou esquilos da mongólia O que é um gerbil?
Um gerbil é um roedor de tamanho médio entre um camundongo e um rato. Normalmente pesa entre 50 e 100 gramas, e sua face é sutilmente diferente da de um rato ou camundongo. Seu longo rabo é cobertos de pêlos, com um tufo na ponta. Seus olhos são pretos ou vermelhos, e apresentam uma gama variada de cores, do Agouti (marrom com a barriga branca) ao preto, passando por tons de laranja, dourado, creme, aos Siameses e Burmeses! Gerbils são engraçados e dão ótimos animais de estimação, interessantes de observar. Suas travessuras e a convivência familiar podem entretê-lo durante horas. São também incrivelmente amigáveis. Eles podem ser ensinados a subir no seu ombro e sentar-se nele, ou mesmo na sua cabeça!




Gerbils necessitam um mínimo de cuidados. 
Suas casas ocupam pouco espaço, não necessitam grandes manutenções, não possuem cheiros fortes, e não precisam de acompanhamento veterinário constante. 
São muito amigáveis, sociais, e raramente mordem.  
São agitados e não tão apegado ao homem como um cachorro, mas está se tornando um bicho muito popular e muito procurado como pet.

É um animal limpo, curioso e que adora roer e retalhar papel e papelão.
É pequeno, com cerca de 10 cm de corpo e quase nove de cauda, patas dianteiras pequenas, com as quais apanha os alimentos.
As patas são maiores com média de 3 cm; olhos grandes, orelhas pequenas e sensíveis ao menor som; já os dentes incisivos da frente, como os do coelho, crescem durante toda a vida.
Sua cor original é marrom dourado com as pontas de pêlo preta, mas existem várias mutações obtidas em cativeiro como, por exemplo: marrom claro, marrom escuro, preto, preto amarronzado, albino (com os olhos vermelhos), cinza, cinza amarronzado, ouro prateado, entre outras cores.
É um bicho que não faz muito barulho, não produz mau cheiro e não faz muita sujeira, além de ocupar pouco espaço. Ideal para quem mora em apartamentos ou pessoas que sofrem problemas de alergia, como rinite.




Dicas e Cuidados com Gerbils

A seguir, dou algumas dicas sobre como criar este pequeno roedor e algumas curiosidades:

* Quando a alimentação pode-se dar ração para roedores, legumes e frutas duas vezes por semana. Evite dar frutas ácidas;

* Não dê banho num gerbil, para que o mesmo não venha a sofrer problemas de saúde, como pneumonia;

* A água pode ser servida para ele em bebedouros, como no caso de hamsters;

* A limpeza é simples quando só se troca o material velho pelo material novo, mas de vez em quando há necessidade de dar uma limpeza geral. Tire * Gerbil da gaiola para limpeza, que pode ser feita com água, sabão ou com um pano umedecido de álcool;

* Os dentes incisivos do gerbil crescem continuamente, por isso ofereça papel e madeira para ele roer. Mas nunca dê madeira de cedro e pinus, pois têm gases tóxicos que podem fazer mal a ele;

* Brinquedos de plástico não são aconselháveis para os gerbils, pois eles podem triturar com facilidade e o mesmo material pode vir fazer mal ao estomago do animal. No caso da rodinha, prefira a de arame;

* Um dos hábitos do gerbil é enterrar a comida, portanto não estranhe se o vir fazer isto;

* A melhor opção é o aquário, já que o gerbil costuma roer as grades da gaiola. Escolha um aquário bem grande e forre-o com serragem ou areia granulada para gatos. Limpe toda semana;

* Para domesticar o gerbil, coloque sua mão dentro da gaiola e deixe-o cheirar, para que ele vá adquirindo confiança. Logo, poderá pega-lo sem problemas;

* Quanto à forração, são recomendadas as lascas de madeiras (”maravalha”);

* Mantenha apenas uma fêmea por gaiola, já nesta espécie a fêmea é dominante e logo, não aceitam dividir o mesmo espaço com outra do mesmo sexo;

* Se quiser ter um casal, junte-os ainda filhotes para evitar brigas;

* A maturidade sexual a partir de 65 a 85 dias e o cio é de 4 a 6 dias;

* Deve se dar um descanso de 30 dias após 5 meses de reprodução e a gestação pode variar de 24 a 26 dias e, tem uma média de 6 filhotes. O ideal é separar os filhotes com 3 a 4 semanas e por sexo com 1 mês;

* Para se saber se é macho ou fêmea apalpe a genitália e com isso, pode-se perceber os testículos proeminentes ou não;

* Como os hamsters, os gerbils também são animais robustos e não suscetíveis a doenças. Geralmente, é a conduta do própria dono que acarreta problemas. Uma rodinha de arames inadequada, com espaços, pode resultar em cauda ou perna quebrada. O uso de certas forrações, como madeira de cedro, pinho, madeira tratado ou perfumado pode ocasionar alergias ou problemas respiratórios;






4 comentários:

marcos disse...

Haêêê. agora sim meu gerbil não se sentirá excluído, nem ele nem eu. =D
Adorei.

RafaelTR disse...

Obrigado jeee por postar SObre Gerbil =)
Seu blog é Demais =)

Dante disse...

Adorei. Acabei de comprar um casal e quis saber a respeido dos cuidados e domesticação. parabéns e obrigado pelas dicas.

bruno cilento disse...

eu acabei de ganhar um casalzinho deles e eles são bem ariscos, o oposto do hamster chines que eu tinha, gracioso, e ia com quem colocasse a mão...
será que eles vão se acostumar com a gente?

 
TOPO
©2007 Jeanne Rayche Por Templates e Acessorios